Professor Cezar Versa fala de sua tese de Doutorado

25/04/2017

 

Nesse vídeo, o professor Cezar Versa, orientando do professor Dr. Alexandre Ferrari, fala sobre a sua tese defendida no doutorado em Letras. O objetivo foi trabalhar em específico com o discurso psicótico numa perspectiva diferenciada, sua interface com o texto literário.  Por muito tempo vários discursos não eram tomados como objetos de análises da teoria e linha francesa. A ideia foi trazer à tona essa possibilidade tendo no discurso psicótico um fundo analítico de respaldo teórico com o qual o trabalho poderia ser desenvolvido. Desse modo, o romance “O dia em que matei meu pai” foi escolhido. A grande questão é se ele mata realmente efetivando o ato ou se ele matou no seu discurso, ou seja, ele está louco e matou o pai ou ele está louco e, necessariamente, não matou o pai. Duas cenas analíticas foram trabalhadas a fim de produzir efeitos de sentidos nessa situação. Esse trabalho trouxe um grande desafio: a necessidade da reflexão no campo da teoria da psicanálise de  Jacques Lacan.

 

A aproximação do conceito de psicanálise de Lacan com a análise do discurso de Pêcheux no tocante a sujeito e linguagem. Nesse, a analise se daria como o discurso do psicótico que matou o pai e tenta se convencer a partir de um discurso racionalizante e tem na medicina um respaldo científico da loucura ou no discurso jurídico que entenderá se ele é louco, como medida de segurança e deve ser julgado pela justiça comum. Na outra ideia, ele não matou o pai e na sua lógica ele trabalha essa situação.

 

Mais detalhes você confere no vídeo acima.

 

Galeria de Fotos:

 

 

 

Please reload

Realização:
Apoio:
® 2016TV Imago Unioeste - Todos os Direitos Reservados.