EDUCAÇÃO ESPECIAL

30/05/2018

A professora Dra. Elisabeth Rossetto é docente do Centro de Educação, comunicação e artes/CECA e do mestrado em educação. Ministra a disciplina de Educação Especial e Processos Inclusivos, orienta projetos de pesquisa na área da Educação Especial e na perspectiva da Psicologia Histórico-Cultural de Vygotsky.

 

Quando falamos em educação especial,falamos sobre políticas de inclusão desde a década de 1990, formação de professores para a educação especial, o atendimento educacional especializado e os sujeitos público alvo da educação especial. Estudamos os alunos com deficiência, incluídos no ensino regular desde a educação infantil até o ensino superior nas esferas das redes municipal e estadual de ensino.

 

Ela também é líder do GEPEE – grupo de estudos e pesquisas em educação especial da Unioeste, campus de Cascavel.Integrantes, alunos do mestrado, professores da rede municipal e estadual de ensino.

 

Desenvolve-se estudos no viés da psicologia-histórico-cultural, tendo como autor principal o russo Lev S. Vygotsky e Leontiev (décadas de 20 e 30).  Bem como autores nacionais que se utilizam do pensamento de Vygotsky para discutir a constituição do psiquismo humano.

 

Os estudos que ocorrem no GEPEE assim como os projetos de pesquisas desenvolvidos pelos acadêmicos do mestrado na Educação Especial tendo como referencial a Teoria Histórico-Cultural partem da perspectiva de inclusão das pessoas com deficiência no contexto escolar, social e cultural e trabalha com as potencialidades, com as capacidades dos sujeitos.

 

 

 

 

 

 

Please reload

Realização:
Apoio:
® 2016TV Imago Unioeste - Todos os Direitos Reservados.